ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XIII ENCONTRO REGIONAL NORDESTE DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Da Aprendizagem Informal ao Ingresso em um Curso Superior de Música
Bruna Maria de Lima Vieira, Cláudia Fernanda Deltrégia

Última alteração: 2016-10-01

Resumo


Em um contexto de ensino superior de música, ao longo de uma década como professora de instrumento, tenho refletido acerca das transformações da minha prática pedagógica decorrentes da pluralidade de alunos que ingressam no curso em questão, sem antes terem recebido qualquer tipo de ensino formal de música. Dentre os diversos desafios enfrentados naquele contexto, revelou-se de fundamental importância perceber de que forma as experiências musicais informais vivenciadas por eles poderiam se integrar e serem associadas ao ensino acadêmico. Fundamentada na corrente de psicólogos e pedagogos que advogam sobre a importância do tocar de ouvido no desenvolvimento da literacia musical e em estudos existentes acerca das práticas musicais informais, busquei desenvolver uma abordagem de ensino-aprendizagem do Piano Funcional que integra o tocar de ouvido e aspectos de aprendizagem informal da música popular. Assim, foi realizada uma investigação-ação com dois grupos de cinco alunos durante um semestre letivo. Para a coleta de dados, foram realizadas entrevistas focus group, gravação das aulas em vídeo, testes e trabalho em conjunto com uma critical friend, professora em outra universidade e expert em Piano Funcional. O estudo mostrou que as conexões feitas pelos participantes entre suas práticas musicais informais e os processos de aprendizagem em contexto formal resultaram num profundo significado desta experiência, tendo refletido positivamente na qualidade da aprendizagem, na autonomia, na colaboração em grupo, na motivação e nas perspectivas dos mesmos em relação ao seu futuro profissional.


Texto completo: PDF