ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XIII ENCONTRO REGIONAL NORDESTE DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Praticas criativas na educação musical: a composição como quebra-cabeça
Francisco Michel da Conceição Araújo, Ewelter de Siqueira e Rocha

Última alteração: 2016-09-20

Resumo


No presente artigo, apresentamos uma reflexão sobre o processo de musicalização por meio de experiências criativas utilizando a composição como suporte pedagógico em uma experiência de ensino coletivo em uma escola de Educação Básica de Fortaleza, no contexto do projeto PIBID da CAPES. O estudo discorre sobre a operacionalização das atividades na fase inicial de aplicação do projeto Compor como quebra-cabeça, idealizado e aplicado pelo autor da pesquisa, direcionado a estudantes de uma turma do 7º ano do ensino fundamental, no sentido de proporcionar experiências criativas por meio da composição. Aponto como problemática central desse estudo a necessidade de maior apropriação de estratégias de ensino-aprendizagem que recorrem ao exercício criativo tendo como suporte metodológico a composição.  Como referencial teórico central, a pesquisa se vale dos trabalhos desenvolvidos por Beineke (2008, 2011) e Fonterrada et al (2015, p.5), que apontam a composição como instrumento que possibilita o aprendizado que se utiliza da criatividade. A pesquisa de carácter qualitativo, utiliza como instrumento de coleta de dados, do período de agosto a dezembro de 2016, registro em áudio do processo de composição e performance, grupos focais e entrevistas semiestruturadas com alunos.

 


Texto completo: PDF