ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XVII ENCONTRO REGIONAL SUL DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Disposições Híbridas no Gosto Cultural de Futuros Professores de Música
Paula Alexandra Reis Bueno

Última alteração: 2016-10-02

Resumo


As múltiplas matrizes socializadoras que constituem as experiências humanas contemporâneas são responsáveis por disposições híbridas de habitus que interferem nos gostos e práticas musicais. O presente texto defende essa premissa a partir da análise do gosto cultural de licenciandos em música, das Instituições de Ensino Superior (IES) do Estado do Paraná, região Sul do Brasil. O método utilizado para o mapeamento do gosto cultural dos futuros professores de música foi a Análise Estatística Descritiva, seguida de Análise de Correspondências Múltiplas (ACM), a partir de variáveis obtidas com a aplicação de um questionário. Tem-se observado que os sujeitos estão envolvidos com uma ampla gama de gêneros e estilos musicais em suas vivências, demonstrando características culturais híbridas. Julga-se que tais características contribuam para uma abertura de repertório musical amplo e diversificado na educação musical, que contemple as disposições de habitus dos sujeitos da educação e abranja um
aprofundamento na dimensão técnica e histórica da música. Desta forma, espera-se contribuir para o campo da educação musical num momento em que a música torna-se conteúdo obrigatório nas escolas regulares brasileiras. Acredita-se que o presente estudo possa contribuir, ainda, para o campo da sociologia da educação, no sentido de apresentar uma cartografia do gosto cultural de agrupamentos sociais específicos, visando o entendimento dos condicionantes que interferem nas práticas docentes.

Texto completo: PDF