ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XVII ENCONTRO REGIONAL SUL DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Prática coral infantojuvenil na perspectiva dos alunos de uma escola pública
Beatriz Pereira Caetano, Regina Finck Schambeck

Última alteração: 2016-10-02

Resumo


O presente trabalho é parte de uma pesquisa realizada entre os anos de 2014 e 2015 com base na atividade coral realizada durante o Estágio Curricular Supervisionado III e IV do curso de Licenciatura em Música, que teve como objetivo investigar a prática de um coral infantojuvenil sob a ótica dos coralistas. Fundado em 2011, o coral exerce sua atividade com os alunos das turmas entre o 1º e 5º ano do Ensino Fundamental, como atividade obrigatória para as turmas do período vespertino. Este grupo abrange crianças e adolescente de 06 a 16 anos de idade. O presente texto foi estruturado de modo a apresentar as características desta modalidade de coro, sua função dentro do contexto escolar como atividade obrigatória e, principalmente, compreender o ponto de vista das crianças e adolescentes sobre a atividade. A partir da abordagem da pesquisa qualitativa, mediante a sistematização de observações e de aplicação de questionários, foi possível evidenciar as funções da atividade coral no contexto escolar e a opinião das crianças e dos adolescentes sobre a prática coral.

Texto completo: PDF