ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XVII ENCONTRO REGIONAL SUL DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Socialização musical de crianças e jovens em uma orquestra: sonhos, desejos e projetos familiares
Adriana Bozzetto

Última alteração: 2017-02-13

Resumo


A presente comunicação de pesquisa, recorte da tese de Doutorado (PPGMUS/UFRGS), envolve a compreensão do projeto educativo das famílias de crianças e jovens que aprendem música em uma orquestra na cidade de Porto Alegre, pensada como uma proposta de inserção social através da música. O objetivo central do estudo foi revelar, compreender e discutir projetos educativos familiares enquanto projetos de vida, vinculados à formação musical dos alunos na orquestra. Envolvendo a abordagem qualitativa de pesquisa, o estudo apoiou-se nas discussões de autores como Lahire (2002; 2008), Bourdieu (2008), Gayet (2004), Papadopoulos (2004) e Setton (2002; 2005; 2010; 2012) e foi construído a partir dos depoimentos orais das famílias e dos alunos participantes da orquestra, oriundos dos meios populares. Configurando-se um âmbito específico de socialização, a orquestra entrou de modo intensivo na vida e na rotina dessas crianças e jovens. Atentos em aproveitar produtivamente o tempo dos filhos, muitos pais ressaltaram o quanto ocupar tardes livres e ociosas proporcionou abrir um novo campo no horizonte de vida dos alunos, através da música. Dentre os projetos vislumbrados, está cursar uma faculdade de música em uma universidade pública, além do desejo sublimado em muitas falas de os filhos serem trânsfugas de classe quando a situação econômica da família é mais precária. O imaginário da vida de músico de orquestra, que toca em teatros nobres, que recebe salário, que é reconhecido socialmente habita, a partir de uma socialização musical intensiva, o sonho individual e coletivo dos alunos e de suas famílias.

Texto completo: PDF