ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XVII ENCONTRO REGIONAL SUL DA ABEM

Tamanho da fonte: 
A integração entre duas abordagens metodológicas na aula de piano na licenciatura: aprendizagem com e sem partituras
Patricia Bolsoni

Última alteração: 2017-02-13

Resumo


Esta comunicação configura-se como um recorte de uma pesquisa de mestrado em andamento e se propõe a refletir sobre a aprendizagem nas aulas de piano do curso de licenciatura em música, incluindo atividades mediante leitura de partituras e atividades sem partituras, de modo a conhecer as perspectivas dos discentes a respeito das contribuições desta prática para a formação no instrumento. Para tal, utiliza-se o estudo de caso, com base em entrevistas semiestruturadas realizadas com cinco estudantes do curso de Música-Licenciatura na Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC e observação não participante, realizada pela pesquisadora no semestre que antecedeu a coleta de dados. Conhecer as perspectivas dos alunos e trazer à tona as impressões dos discentes a respeito das suas experiências com o este tipo de ensino pode nos ajudar a refletir em torno das possibilidades do desenvolvimento musical por meio do estudo de piano. De modo geral, os alunos do curso de licenciatura consideram importante em suas formações atividades que compreendam o estudo das estruturas musicais, desenvolvendo assim, a prática de tocar sem partitura pela questão da liberdade na execução, além da facilidade para trabalhar com um repertório que possa surgir nas práticas pedagógicas, sem que esteja previamente planejado e registrado na forma de partitura.

Texto completo: PDF