ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XVII ENCONTRO REGIONAL SUL DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Percursos de aprendizagem de músicos multi-instrumentistas: uma abordagem a partir da história oral.
Gustavo Luís Rauber

Última alteração: 2017-02-11

Resumo


Esta comunicação apresenta uma pesquisa de mestrado em andamento que trata dos percursos de aprendizagem de músicos multi-instrumentistas. Compreende-se como músico multi-instrumentista, no âmbito deste trabalho, aquele que toca vários instrumentos musicais, simultaneamente ou não. Essa prática caracteriza-se pela divisão do tempo de estudo entre diferentes instrumentos, assim, o objetivo geral da pesquisa consiste em compreender os percursos de aprendizagem de músicos multi-instrumentistas. A partir deste questionamento, outros são complementares à investigação: quais os instrumentos musicais que os músicos tocam, quais os objetivos, interesses e expectativas no aprendizado, quais os contextos que promoveram a escolha de determinados instrumentos, como estão estruturados e organizados os estudos desenvolvidos pelos músicos e como aprendizagens de um instrumento se correlacionam com aprendizagens de outros. A pesquisa adota como metodologia a história oral tendo como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. As análises realizadas até o momento revelam  que a prática em tocar diferentes instrumentos decorre de diferentes acontecimentos que surgem como desafios e motivações para um novo aprendizado, geralmente associados a necessidades de mercado que interferem nas formas de atuação do músico. O aprendizado de um novo instrumento também é decorrente da apreciação de diferentes estilos musicais que servem de estímulo à curiosidade sobre a sonoridade dos instrumentos em evidência. A pesquisa aponta também que existe uma hierarquização momentânea quanto à importância dos instrumentos, associada à frequência que são utilizados em um determinado período do seu percurso de aprendizagem.


Texto completo: PDF