ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical, XVII ENCONTRO REGIONAL SUL DA ABEM

Tamanho da fonte: 
Musicalização para Bebês com TEA - Transtorno do Espectro Autista
Tamiê Pages Camargo, Luana Medina de Barros

Última alteração: 2016-10-03

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo descrever e avaliar os resultados de algumas atividades musicais desenvolvidas e aplicadas para bebês em um projeto de extensão. Trabalhando com três turmas de faixa etária entre 10 meses a 3 anos, o projeto conta com uma coordenadora e oito monitores. O projeto objetiva estimular a musicalidade dos bebês através de atividades como o canto, movimentos e exploração de instrumentos percussivos. Essas são sempre realizadas com os bebês juntamente com seus pais, os quais ajudam e instigam seus filhos a participarem das dinâmicas propostas. Os pais se envolvem ativamente nas práticas musicais e, também experimentam o crescimento e desenvolvimento musical de seus filhos. Durante a prática do projeto de musicalização de bebês houve grande procura de pais com bebês que foram diagnosticados com TEA (Transtorno do Espectro Autista), sendo orientados pelos profissionais específicos da área a procurar atividades diferentes das habituais, sendo, por exemplo, atividades de estimulação, como a musicalização. E apesar do projeto não ter como foco a musicoterapia, destacamos a importância da inclusão de bebês com Espectro Autista. A musicalização interage com dinâmicas que instigam o desenvolvimento, sendo o seu benefício tanto para as crianças com ou sem o Espectro Autista.

Texto completo: PDF