As atividades musicais das crianças analisadas por professoras de educação infantil – Perspectivas metodológicas para a análise narrativa-biográfica

Leda de Albuquerque Maffioletti, Soraia Santana

Resumo


Resumo: O trabalho apresenta as reflexões de 39 professoras de educação infantil sobre episódios de atividades musicais realizadas por seus alunos. A intenção é destacar a peculiaridade das descrições e análises realizadas tendo em vista tratar-se de professoras sem formação musical específica, que atuam em Escolas de Educação Infantil. A abordagem metodológica segue princípios da pesquisa (auto)biográfica, adotando-se a uma leitura interpretativa do material coletado, buscando o significado que as professoras atribuem às atividades relatadas. Os resultados mostram que a direção do olhar das professoras que participaram deste estudo articula-se com o contexto escolar e as aprendizagens de sua profissão. É peculiar no sentido de mostrar um saber musical não técnico aprendido no convívio com as crianças. É também peculiar pelas escolhas que fizeram, pelo que lhes chamou a atenção e pelo modo como interpretaram os comportamentos musicais tomando por base a sua formação profissional e acadêmica obtida no curso de Pedagogia.

Palavras chave: Educação musical. Formação de professores. Pedagogia.


Referências


Referências

BELLOCHIO, Cláudia Ribeiro; FIGUEIREDO, Sérgio Luiz Ferreira de. Cai, cai balão... Entre a formação e as práticas musicais em sala de aula: discutindo algumas questões com professoras não especialistas em música. Música na educação básica. Porto Alegre, v. 1, n. 1, outubro de 2009.

BOLIVAR, Antonio. (2002), "¿De nobis ipsis silemus?: Epistemologia de la investigación

biográfico-narrativa en educación". REDIE - Revista Electrónica de Investigación Educativa,

vol. 4, n. 1 p. 1- 26, 2002.

Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, 2012.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

PIRES, Nair; DEL BEN, Luciana. Música nas escolas de educação básica: o estado da arte na produção da Revista da Abem (1992-2011). Revista da ABEM, v. 21, n. 20, p. 103-118. Londrina, 2013.

SARMENTO, Manuel J. Imaginário e culturas infantis. Cad. Educ. Fae/UFPel, Pelotas (21):51-59, jul./dez. 2003.

SARMENTO, Teresa. Contextos de vida e a aprendizagem da profissão. In: FORMOSINHO, João (Org). Formação de Professores. Aprendizagens e acção docente. Porto: Porto Editora, 2009, p. 303-327.

SOUZA, Jusamara. Música, educação e vida cotidiana: apontamentos de uma sociografia musical. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. 53, p. 91-111, jul./set. 2014.

SPAVANELLO, Caroline. A educação musical nas práticas educativas de professores unidocentes: um estudo com egressos da UFSM. Santa Maria, 2005. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Maria, Programa de Pós-graduação em Educação, 2005.

SWANWICK, Keith. Musical knowledge. Intuition, analysis and music education. London: Routledge, 1994.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

WERLE, K. A música no estágio supervisionado da Pedagogia: uma pesquisa com estagiárias da UFSM. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN eletrônico: 2358-033X
ISSN impresso: 1518-2630

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.